Fechar
show

Vilamoura reconhecida com a Bandeira Nível II - Cidades e Vilas de Excelência

 

 

A Rede de Cidades e Vilas de Excelência atribui no dia 22 de Novembro pelas 11h, a II Bandeira – Cidades de Excelência, como reconhecimento público do trabalho que a Inframoura tem vindo a desenvolver a nível da qualificação do espaço público de Vilamoura e de Vila Sol.

No que diz respeito ao eixo da acessibilidade para todos, destaca-se o projeto de Requalificação da Baixa de Vilamoura. Assente neste eixo, a estratégia de intervenção visou a redução da área destinada à circulação automóvel e aumento da área destinada aos modos suaves, a criação de um percurso acessível, a marcação específica e contínua de meios auxiliares de deslocação para deficientes visuais, a criação de um canal de infraestruturas e mobiliário urbano, um rigoroso e detalhado controlo das cotas de projeto e obra e a execução do perfil transversal todo à mesma cota. Além disso, o projeto visou o aumento significativo da área permeável, a quádrupla arborização transversal, a escolha rigorosa e correta do coberto arbóreo e herbáceo a instalar, a gestão de iluminação pública, a criação de um canal subterrâneo de infraestruturas, o estudo de pontos de recarga de baterias de automóveis elétricos, a formalização da ciclovia da baixa e a devolução da cidade ao peão.

A concretização do projeto levou a que Vilamoura se tornasse num território urbano renovado e sustentável, acessível a Todos.

A área intervencionada encontra-se em fase de expansão, numa parceria entre a Inframoura e a Câmara Municipal de Loulé, ampliando o conceito introduzido neste espaço, a outros locais adjacentes.

Relativamente ao eixo da mobilidade pedonal e ciclável, assume proeminente destaque o sistema de bicicletas de uso partilhado. Vilamoura dispõe de 41 estações, 336 espaços de estacionamento, 260 bicicletas e 5000 cartões de utilizador, com custos para os usuários relativamente baixos.

Entre os anos de 2012-2015, foram feitas 270.000 viagens através deste modo suave, o que se traduz em 475.000 quilómetros percorridos. Por dia, estima-se que tenham utilizado este sistema 88 pessoas, percorrendo uma distância média de 4,3km.

Pode-se afirmar que este sistema permitiu evitar (entre 2013 e 2015) a produção de 18 toneladas de CO2 para a atmosfera.

Em suma, as ações acima descritas permitiram a atribuição da Bandeira de Cidades de Excelência - Nível II, fazendo de Vilamoura um caso de Excelência no âmbito da acessibilidade para todos e da mobilidade pedonal e ciclável.